quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Tudo sobre o jab - Everything about the jab !

Tudo sobre o  jab - Everything about the jab !


Introdução.

O boxe científico iniciou exatamente com a invenção de um estilo de luta dando preferência aos golpes retos em vez de golpes curvos. Essa passagem ocorreu recentemente, com James Figg, lá por cerca de 1720, ao adaptar os golpes retos da esgrima com florete para a luta com os punhos, criando assim o jab.

Partindo dessas observações vamos colocar aqui os méritos de se usar o jab em uma luta e suas vantagens. 

  1. O jab é um golpe simples e efetivo.  

Até mesmo um principiante é capaz de aplicar facilmente (se traduza com muito treino) obviamente se for ensinado de maneira correta e principalmente aprender a socar em linha. Para um boxeador mais experiente que já domina sua aplicação com todos os detalhes feitos perfeitamente, o jab pode ser tão contundente quanto um direto.

2.     O jab é um golpe que não desgasta sua resistência.

Se usado de forma correta o jab pode ser usado para marcar o ritmo, distância e como proteção, por sua um movimento que não despende muita força o boxeador pode trabalhar com o jab sem correr o risco de sua resistência ser minada.

3.     Com o uso do jab podemos nos movimentar.

Com uso do jab a movimentação não fica travada e mesmo que imediatamente após e durante a execução do jab, já temos condições de nos movimentarmos de forma lateral, frontal ou mesmo recuando, o que não acontece com os demais socos.

4.     O jab é um soco seguro.

Sua aplicação pouco compromete a nossa guarda. Nisso está entendido que após sua aplicação recolhemos imediatamente o braço sem deixa-lo cair.
Essa caída bastante comum foi um grave defeito de Joe Louis, defeito este que foi explorado por Max Schmeling quando o venceu, impondo-lhe a única derrtoa que teve em treze anos de profissionalismo.

5.     O jab abre caminho para sequências.



Podemos explorar a segurança do jab para tentar abrir caminho para um soco mais forte ou mesmo para uma sequência mais varidada, também para explorar o ponto forte e fraco do adversário. Thomas Hearts foi um mestre nisso.


6.     O jab é um ótimo ingrediente para combinações.


Se usarmos combinações que iniciem com um jab ou mesmo terminem com um jab, estaremos atacando e recuando com poucas chances de sofrermos algum dano durante este processo. Essas combinações podem ser feitas com dois ou mesmo quatro golpes.


7.     O jab permite pressionar o adversário.


Todos os adversários se sentem muito incomodados com jabs colocados precisa e fortemente na sua guarda, variando a altura de queixo para testa além de pontuar vai desconcentrar o adversário.


8.     O jab é muito bom para quebrar ritmo.


Isso faz com que o adversário não consiga se posicionar forçando-o para outra postura e consequentemente não usara as sequencias treinadas anteriormente.


9.     O jab na psicologia.


O jab permite irritar o adversário, fazendo-o contra-atacar de qualquer jeito após ter seu ritmo quebrado na ânsia de devolver o golpe ou mesmo para com seu controle de distância.


10.  O jab permite estudar o adversário.



Podemos estudar a guarda do adversário como também seu movimento de pernas e esquivas. Atacando a parte de cima ou de baixo, com jab simples ou duplos para descobrir seu movimente seguinte o que provavelmente o fará durante a luta toda, assim nós preparamos um movimento onde sua defesa estiver enfraquecida.

Nenhum comentário: